quarta-feira, 13 de abril de 2011

" Um domingo, uma caneta, um papel"

 - Filosofias avulsas de um zé ninguém......


“E eis que o homem criou Deus... Pois necessitava explicar TUDO, sem muito esforço mental” – Diego Belo

“Há uma grande preocupação com a morte, de como ou quando morreremos, na verdade é necessária uma reflexão do ponto de vista: O que fizemos até a ruptura de nossas vidas? Geralmente por medo da morte a vida se torna pálida, e nem nos tocamos de que já morremos ainda que vivos.” – Diego Belo

“A limitação é uma imposição externa, nascemos livres, e morremos presos a costumes que nos são alheios, na maioria das vezes terminamos nossas vidas sem descobrir nossa própria identidade. A vastidão de possibilidades morre dentro de um baú que os outros constroem, e perdemos a chave que desvenda o tesouro da liberdade.” – Diego Belo

“Um dos piores erros é a convicção doentia em algo que não se conhece a fundo, em algo que não foi revisto com certa imparcialidade e de um ponto de vista neutro. Escolher um lado sempre é perigoso, mesmo que essa escolha pareça a mais coerente.” – Diego Belo

“O universo tem suas leis, disso todos sabemos, alguns nomeiam: Deus. O que todos sentem, mas tapam os olhos é que ninguém sabe o que é isso, e de onde vem, no entanto nos preocupamos em explicar e defender teses absurdas ao invés de apreciar essas leis ao nosso redor em pleno funcionamento.” – Diego Belo

“Você é artista, e a vida é como uma tela branca. Pinte-a como quiser, afinal de contas a vida é sua, só não se esqueça de assinar sua obra, deixe sua marca na história, viva como se a tela branca nunca fosse ser preenchida.” – Diego Belo

“A curiosidade matou o gato, isso é fato, mas garanto que ele não morreu ignorante.” – Diego Belo

“Não importa o quanto se investigue, nunca obteremos a verdade absoluta, ela é mutável e usada para os mais diversos fins, as maiores verdades que conhecemos começaram com as menores mentiras contadas, e até hoje jamais foram questionadas.” – Diego Belo

“O ponto fraco do ser humano é a emoção, emocione-se e veja se você consegue controlar a si mesmo, alguns sabem disso e nos controlam tão bem que nos sentimos emocionados sendo controlados.” – Diego Belo

“O não exercício da dúvida, torna a mente atrofiada, como um músculo nunca usado.” – Diego Belo


Kisses For You!