sábado, 4 de dezembro de 2010

Sobre o Natal...

O natal..... Ahh! O natal, luzes piscando na cara de todo mundo! Espírito natalino paira sobre os corações humanos nessa época, todo mundo mais sereno e, com altas doses de compaixão correndo no sangue. Mas aqui vai uma advertência! Somente exclusivamente nessa época do ano você pode agir assim, em outro mês do ano é proibido ser fraterno e solidário com alguém!!! Afinal, inventaram o natal pra isso, ser falso pra caralho com as pessoas e consigo mesmo... O resto do ano é só “cara torta” pra quem precisa de uma ajuda de verdade

O Povo passa o ano todo esculachando pobre na rua (ou nem esculachando porque nem os nota), xingando o vizinho, batendo no filho, falando mal da sogra, metendo o pau no colega de trabalho, mas quando chega o natal, esqueça tudo isso, você foi reiniciado! E agora é um novo ser cheio de amor pra dar! Dane-se o resto do ano, em apenas alguns dias de dezembro você pode ser solidário... Ah seja só um pouco, por favor! Aproveite a temporada!

Você agora tem uma época específica pra agradar alguém com presentes da liquidação da loja de R$ 1, 99, e se redimir algo que fizera durante o ano todo, presenteie, compre, faça dívida mesmo, exploda o cartão de crédito, essa época você pode.

O natal é uma grande empresa multinacional, que entra em atividade no fim do ano para fazer a arrecadação do seu dinheiro, gente consumindo como se o sistema solar fosse entrar em colapso amanhã. E Jesus Cristo nessa história onde entra? Num sei não, mas acho que as pessoas pensam que ele ta feliz com os mesmos presentes que todo o ano os três reis magos deixam pra ele lá na manjedoura [Jesus deve ter uma coleção de incenso, ouro e mirra]. Nessa hora tudo que se pensa, e se tem como prioridade absoluta é o consumo, comprar aquele salto alto novo, aquela calça jeans “levanta bunda”, aquela bolsa de couro de alce das montanhas, trocar o carro, pintar o muro da casa (só o muro pra fazer média, o resto deixa como ta), comprar o peru e os acompanhamentos e se estufar de tanta comida!

E o menino Jesus, onde se encaixa nesse contexto?
Alguém por gentileza poderia me mostrar a certidão de nascimento do menino Jesus? Pois na Bíblia (a palavra de Deus) não consta nada sobre ele ter nascido dia 25 de dezembro. Considerando fatores climáticos e históricos que estão em certos manuscritos da época (que não saíram na versão original – nessa que você tem em casa, na estante), a probabilidade de Jesus ter nascido em dezembro são MÍNIMAS!

Enfim, eu participo (fico lá) no rito de passagem junto com a família, mas não dou o devido crédito que as pessoas dão a esse dia, é um dia normal, o que difere é que:

“A quantidade de hipocrisia das pessoas nessa época do ano, é  igual a de comida na mesa e de dívidas para o ano seguinte !”

MAS MESMO ASSIM, COM A MAIOR CARA DE PAU DO MUNDO EU AINDA DESEJO A VOCÊ...